O Tráfego na Agência de Publicidade

O fluxo de jobs em uma agência de publicidade é gigante. Uma agência já é complexa por oferecer inúmeros serviços ao cliente e, ainda, por contar com muitos clientes. Agora imagina você, como administrar tudo isso? O que tem na pauta (aliás já falamos sobre pauta aqui. Clica no link para relembrar), quem irá desenvolver cada job, vai para aprovação interna, aprovação do cliente, tem artigo pra fazer, roteiro, posts em redes sociais… uffa… é como avenida principal em uma cidade grande, no auge do movimento em horário de pico.

Na agência é assim. Aqui todos os horários são de pico. Não tem sinaleira e nem rotatória para organizar o trânsito. Ah, e nem a guarda municipal. Mas, todavia, contudo, entretanto… tem o tráfego!

Parece um nome estranho para uma agência, afinal nem todas contam com esse profissional ou ainda não utilizam esta nomenclatura. Mas vem cá, esse nome já é usado a muito tempo. Certamente você vai ler algum livro de publicidade em que esse carinha aparece. Aí você lembra deste artigo da Agência UAU.

Quem é o tráfego?

Ele é quase o coração da agência. É ele que controla as tarefas, cria cronogramas de trabalho, define prazos, distribui os jobs para os setores como criação e redação. É amiguinho da galera do atendimento pois precisa inserir em cada job o briefing perfeito para que a criação receba as informações completas para executar as tarefas. Ele também cobra o cumprimento dos prazos para que os jobs cheguem ao cliente sem atrasos.

O Tráfego também media reuniões e precisa saber de cada detalhe. Ele conhece as duplas criativas como ninguém. Por isso, quando chega o job, já sabe para quem direcionar cada um.

Bom, o nome é tráfego, mas o codinome poderia ser organização. Esta é a palavra-chave para esta função tão importante dentro de uma agência.