Categories

Conteúdo para além de uma mídia

Aproveitar todo o potencial das plataformas com conteúdos transmidiáticos pode conquistar o seu público.

Desde que a Internet se popularizou muitas teorias foram formuladas e outras foram difundidas por ter mais possibilidades com as ferramentas existentes. Entre tantas, o conceito de transmídia ganhou fama e é explorado por todas as áreas da comunicação, inclusive a publicidade.

Segundo Jeff Gomes, um dos estudiosos da área, transmídia é uma narrativa que acontece em diferentes plataformas, mas com um conteúdo que se complementa. Muitas vezes o termo é confundido com crossmídia, mas há muita diferença. Para entender o assunto um bom exemplo são as pecinhas de Lego. Imagine que cada pecinha de Lego é um conteúdo diferente sobre o mesmo assunto, mas que se encaixam, formando uma figura, no caso um grande conteúdo. Já o crossmídia é um mesmo conteúdo publicado em diferentes plataformas.

Um dos primeiros produtos que conseguiram explorar essa ideia, de transmídia, foi a franquia “Matrix reaload”, filme que ganhou conteúdo que extrapolou as telas e hoje continua com vídeo, animatrix, games, livros, HQ e fanfilmes. Mas você pode perguntar, por que fazer um conteúdo transmidiático na publicidade? Bom, a resposta pode ser simples. Ele proporciona uma possibilidade maior de acesso e, como um conteúdo leva a outro, proporciona maior engajamento, se conseguir despertar a curiosidade do público para ver o restante do conteúdo.

Um modelo bem simples de campanha é o que se utiliza meios digitais como blogs, Facebook, Twitter, Youtube, enfim diferentes plataformas. A “nave-mãe”, principal plataforma, pode ser o blog com o conteúdo mais detalhado. A partir daí podem ser criados webséries sobre o conteúdo no Youtube e posts com derivados no Facebook, por exemplo. Mas não esqueça, os meios tradicionais podem entrar na campanha.

Com tantas plataformas integradas a chance de resultados mais expressivos é muito mais alta.